REUNIÃO PROMOVIDA PELO SINDINUTRISP COM DEPUTADO ROBERTO LUCENA, GERA GRANDES EXPECTATIVAS PARA A NOSSA CATEGORIA

Na manhã desta segunda-feira, dia 10 de dezembro, o Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo, realizou uma reunião com o deputado federal Roberto de Lucena, juntamente com os representantes de nutricionistas e médicos, para debater formas e reforçar o que o profissional de cada área poderá fazer, para que haja respeito e união entre os profissionais da Saúde, em consequência da retirada de pauta do Projeto de Lei n°10.981/2018.

Esse encontro ocorreu devido os diversos protestos feito pelas entidades e pelos profissionais da Nutrição, contrários ao PL – que permitia que médicos fizessem prescrições dietéticas sem impedimento legal. Nesta reunião, foram debatidos temas como a importância da alimentação correta como forma de prevenir e auxiliar na recuperação de doenças, e principalmente, como uma dieta nutricional prescrita por um médico, e não um nutricionista, pode prejudicar a saúde da população, devido à falta de conhecimento necessário do médico para poder passar uma dieta nutricional, sendo o seu conhecimento restrito aos fundamentos necessários para curar doenças.

Lembrando que o profissional nutricionista passa anos de sua vida dedicando-se a conhecer os componentes de cada alimento, adequando-os para as necessidades de seu paciente. Sendo assim, somente esse profissional está capacitado o suficiente para prescrever uma dieta nutricional adequada. No caso dos médicos que queiram realizar uma prescrição nutricional, o mais indicado a se fazer é: Ou cursar uma graduação em Nutrição, tendo como benefício o melhor diagnóstico para com seu paciente, e o seu próprio aperfeiçoamento pessoal. Ou o médico trabalhar em conjunto com um nutricionista, na qual ambos os lados só têm a ganhar (equipe multiprofissional).

Além de ter se chegado a conclusão sobre a imensa importância que um nutricionista possui no combate de doenças e preservação da saúde humana através da alimentação, o deputado Roberto de Lucena ainda se propôs a estar acompanhando de perto questões como a implementação da Educação Nutricional nas escolas particulares e públicas, e rever e apoiar todos os projetos que beneficiam a nossa categoria, como por exemplo à PL n° 6.819/2010, que garante ao nutricionista o direito à jornada semanal de 30 horas, insalubridade, e índices de atuação profissional em diversas áreas. Esse PL altera a Lei nº 8.234/1991, e já foi aprovado no Senado Federal.






Foto:

Em baixo, da esquerda para direita:
Dra. Denise Hernandez (Conselho Regional de Nutricionistas), Dra. Celina Pelin (associada do SINDINUTRISP) e Dra. Célia Lucchese (Conselho Regional de Nutricionistas).
Em cima, da esquerda para direita: Dra. Madalena Vallinoti (diretora do SINDINUTRISP), Dra. Silvia F. Cozolino (Conselho Federal de Nutricionistas), deputado Roberto de Lucena, Dra. Marcella Garcez (Associaçao Brasileira de Nutrologia), Dr. Ernane Rosas (presidente do SINDINUTRISP), Dra. Natália Marques (docente do VP online) e Márcio Pareira (jornalista).


       
NUTRI NOTICIAS Nº 86
Edições Anteriores
NUTRI NOTICIAS Nº 85
NUTRI NOTICIAS Nº 84
NUTRI NOTICIAS Nº 83
NUTRI NOTICIAS Nº 82
ecoleo CVC
  INSTITUCIONAL JURIDICO CONTRIBUIÇÕES CURSOS BENEFÍCIOS +  
  Quem Somos Atendimento Associativas SindiNutri-SP Convênios LINKS  
  Palavras do Presidente Piso Salarial Sindical Parceiros Hotéis / pousadas CONTATO  
  Diretoria Atual Tabela de Honorários Confederativa Pós-Graduação      
  Colaboradores Convenções/Disssídios Assistencial        
  Estatuto Homologações Dúvidas Frequentes        
  Conheça o SindiNutri-SP            
  Sede São Paulo

Rua 24 de Maio, 104 - 8 andar - Centro - 01041-000
Fones: (11) 3337.5263 / 3338.2539
E-mail: sinesp@sindinutrisp.org.br
Horário de atendimento: 9hs às 17hs00 de 2ª à 6ª
 
2014 - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo
Desenvolvido por IZ3