SINESP COBRA DO GOVERNO ESTADUAL MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO PARA NUTRICIONISTAS
Por Diógenes Pierre Gonzales

No dia 28 de junho de 2016 o Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo se reuniu com a Secretaria de Educação para reivindicar melhores condições de trabalho para a categoria. Hoje, cerca de 40 Nutricionistas atuam na Merenda Escolar do Estado. Os salários estão abaixo do piso: R$1.269,00.

A subsecretária de Educação, Cleide Bauab Eid Bochixio, prometeu uma resposta ao SINESP, até o dia 31 de julho. Ela assumiu o compromisso de levar o caso ao governador Geraldo Alckmin. Contudo, até hoje, (01/08/2016), a secretaria ainda não se manifestou com alguma perspectiva de melhora.

O concurso foi aberto em 2013 com maios de 80 vagas. Já, no momento da posse, muitas Nutricionistas desistiram pelo baixo salário. Atualmente existem muitos pedidos de exoneração. As Nutricionistas, que permanecem, são penalizadas ficando sobrecarregadas para atender várias escolas.

QUEM PERDE QUANDO O NUTRICIONISTA DEIXA DE SER RECONHECIDO?

Toda a sociedade! Especialmente as crianças que ficam sem atendimento, sem uma refeição balanceada e adequada capaz de prevenir doenças e promover a saúde! Para o Dr. Ernane Silveira Rosas, Presidente do SINESP, investir na Merenda Escolar é investir no futuro do país. É manter a saúde das nossas crianças e evitar que desenvolvam problemas de saúde pelos maus hábitos alimentares tornando-as adultos doentes.



PRECISAMOS SABER QUAL A PRIORIDADE DOS NOSSOS GOVERNANTES

O governo do Estado de São Paulo investiu R$517.373.389,44 (dados do site da Secretaria da Fazenda), para contratar empresas de refeições coletivas que fornecem Merenda Escolar no Estado. Além disso, há o gasto com a produção da própria Merenda! O Dr. Ernane Silveira Rosas considera estes dados uma contradição: se o governo pode aplicar um valor expressivo em terceirizações, por que não pode pagar salários condizentes com as responsabilidades que os Nutricionistas tem que assumir?

O Sindicato promove nova ação cobrando do Governo do Estado de São Paulo e nossos representantes, os deputados, melhores condições para os nutricionistas contratados para trabalhar na Merenda Escolar

       
NUTRI NOTICIAS Nº 84
Edições Anteriores
NUTRI NOTICIAS Nº 83
NUTRI NOTICIAS Nº 82
NUTRI NOTICIAS Nº 81
NUTRI NOTÍCIAS Nº 80
ecoleo CVC
  INSTITUCIONAL JURIDICO CONTRIBUIÇÕES CURSOS BENEFÍCIOS +  
  Quem Somos Atendimento Associativas SINESP Convênios LINKS  
  Palavras do Presidente Piso Salarial Sindical Parceiros Hotéis / pousadas CONTATO  
  Diretoria Atual Tabela de Honorários Confederativa Pós-Graduação      
  Colaboradores Convenções/Disssídios Assistencial        
  Estatuto Homologações Dúvidas Frequentes        
  Conheça o SINESP            
  Sede São Paulo

Rua 24 de Maio, 104 - 8 andar - Centro - 01041-000
Fones: (11) 3337.5263 / 3338.2539
E-mail: sinesp@sindinutrisp.org.br
Horário de atendimento: 9hs às 17hs00 de 2ª à 6ª
 
2014 - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo
Desenvolvido por IZ3