SINESP GANHA AÇÕES JUDICIAIS PARA NUTRICIONISTAS
Por Diógenes Pierre Gonzales

VOCÊ JÁ PERCEBEU O QUANTO É BOM TER UM SINDICATO FORTE E ATUANTE, COMO O DOS NUTRICIONISTAS?

Uma Nutricionista, filiada ao SINESP, foi demitida por uma das maiores indústrias de alimentos do mundo. Mas, o Sindicato entrou em contato com a empresa para exigir a readmissão porque ela estava gestante. Inicialmente, a grande empresa de alimentos não deu atenção à solicitação do SINESP. A Nutricionista procurou o Departamento Jurídico do Sindicato e recebeu a orientação de mover uma Ação Judicial. O SINESP entrou com a ação, que foi vitoriosa! Inicialmente, o Juiz concedeu uma liminar reintegrando a Nutricionista ao trabalho imediatamente. As condições previstas no contrato profissional, também, foram observadas e mantidas para que a empresa evite pagar multa de R$1.000,00, por dia!

O Presidente do SINESP, Dr. Ernane Silveira Rosas, afirma que: nenhuma empresa pode descumprir a Lei e uma gravidez deve ser respeitada; não permite demissão.

Grande ou pequena, nacional ou multinacional, as empresas tem que cumprir a Lei. O Dr. Ernane lembra que o SINESP existe para PROTEGER, VALORIZAR e ajudar a aumentar a capacitação profissional dos Nutricionistas.

O caso aguarda a sentença definitiva. A Lei diz claramente: a empresa tem que reintegrar a funcionária, no mesmo posto de trabalho, até o término da estabilidade legal. E nós vamos exigir o cumprimento da Lei.

Numa outra ação, o SINESP representou uma Nutricionista que era funcionária de uma grande empresa de refeições coletivas. Esta empresa terceiriza serviços para hospitais públicos municipais. A Nutricionista fazia horas extras e não recebia por isso. Ela, também, não recebia o adicional por trabalhar em ambiente insalubre, (ambiente hospitalar onde os profissionais tem contato direto e diário com pessoas portadoras de doenças diversas).

Depois de uma perícia no local o laudo foi positivo. Houve a comprovação, também, das horas extras. O SINESP teve ganho total da causa! O processo está, atualmente, na fase de execução e deve somar o valor aproximado de R$65.000,00.

Por conta deste processo, o SINESP recebeu uma nova solicitação de uma Nutricionista da mesma empresa. Assim, como no caso anterior, a profissional não recebia o adicional por insalubridade. Com a ação determinada do SINESP, logo na primeira audiência, foi feito um acordo satisfatório para a Nutricionista. O valor foi correspondente ao adicional de insalubridade.

O Dr. Ernane Silveira Rosas, lembra que o SINESP defende incondicionalmente todos os Nutricionistas. Ele acredita que a categoria mais UNIDA se torna mais forte! Os profissionais associados podem contar com o consultório para atendimento (gratuito), cursos de aprimoramento (com descontos especiais) e muitos outros benefícios que fazem diferença na carreira profissional e no orçamento familiar.

       
NUTRI NOTICIAS Nº 84
Edições Anteriores
NUTRI NOTICIAS Nº 83
NUTRI NOTICIAS Nº 82
NUTRI NOTICIAS Nº 81
NUTRI NOTÍCIAS Nº 80
ecoleo CVC
  INSTITUCIONAL JURIDICO CONTRIBUIÇÕES CURSOS BENEFÍCIOS +  
  Quem Somos Atendimento Associativas SindiNutri-SP Convênios LINKS  
  Palavras do Presidente Piso Salarial Sindical Parceiros Hotéis / pousadas CONTATO  
  Diretoria Atual Tabela de Honorários Confederativa Pós-Graduação      
  Colaboradores Convenções/Disssídios Assistencial        
  Estatuto Homologações Dúvidas Frequentes        
  Conheça o SindiNutri-SP            
  Sede São Paulo

Rua 24 de Maio, 104 - 8 andar - Centro - 01041-000
Fones: (11) 3337.5263 / 3338.2539
E-mail: sinesp@sindinutrisp.org.br
Horário de atendimento: 9hs às 17hs00 de 2ª à 6ª
 
2014 - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo
Desenvolvido por IZ3