DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO: UMA DATA EM QUE TODOS OS NUTRICIONISTAS DEVEM REFLETIR!
Por Diógenes Pierre Gonzales

A comemoração do “Dia Mundial da Alimentação”, para o SINESP, começou com uma visita super bem humorada à Feira de Orgânicos do Parque da Água Branca, Zona Oeste da capital paulista. Lá, o presidente do Sindicato, Dr. Ernane Silveira Rosas, reuniu pães, bolos, frutas e outros alimentos orgânicos que foram doados para o evento do dia seguinte, (segunda feira, dia 17/10).

Cada alimento orgânico tem aspecto diferente do convencional; e, esta diferença vai além da ausência de venenos: esta na coloração e, principalmente, no sabor! No site do SINESP você confere uma reportagem especial, em vídeo, gravada na feira de orgânicos.
O Dr. Ernane alerta que é preciso haver mobilização e participação para melhorar a qualidade de vida em nosso país. Buscar fontes confiáveis de informação, debater o problema da utilização de agrotóxicos e gerar soluções.

Os alimentos orgânicos ganham a preferência das pessoas. O processo ainda é lento; requer conscientização e mudança de hábitos! A própria ideia de alimentação precisa ser renovada na mente humana! Esta renovação pode começar pela ideia de que: “comemos para viver e, não, vivemos para comer”.

O jornalista norte-americano, Michael Polan, diz que geralmente, as pessoas comem sem estar com fome, muitas vezes para se distrair, por lazer, porque não há outra coisa para fazer, por tédio ou até solidão. Polan, dá alguns conselhos simples, para uma boa dieta, como por exemplo: " Comer alimentos de verdade, não em excesso, principalmente de origem vegetal, isto é bom senso, conselho que a sua avó, lhe daria!
Muitas vezes, comemos para nos consolar, portanto, uma das regras é: " Só coma se estiver com fome".

SINESP COMEMORA DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO COM IMPORTANTES AUTORIDADES





Para o Engenheiro Murilo Celso de Campos Pinheiro, presidente do SEESP e da CNTU, a ideia da alimentação é simples: falar em saúde, é falar em Nutrição! O Engenheiro entende que o Nutricionista exerce papel fundamental para o aprimoramento social. Se temos uma população bem alimentada, orientada por profissionais especializados, temos avanço e prosperidade em todos os sentidos! O Engenheiro Murilo ficou entusiasmado com o trabalho do Dr. Ernane Silveira Rosas. Um trabalho ímpar, que tem ensinado a população e motivado Nutricionistas em todo o país e, especialmente, no Estado de São Paulo!



A alimentação tem inúmeras ideias e filosofias! A presidente da AAO, Maria Lucia, diz que: “comer é um ato agrícola”. E, você já parou pra pensar que as pessoas precisam se alimentar todos os dias mas, não sabem plantar?! Pior: acreditam, por influência ilusória de boa parte da mídia, que os tais “defensivos agrícolas”, (agrotóxicos), fazem bem à saúde, quando, na verdade, são venenos!

Pela primeira vez na história, grande parte das pessoas não tem a ideia de onde vem ou como foi produzido, do que é feito o que comem. Historicamente, as pessoas sabiam isso porque estavam intimamente envolvidas no processo de plantar, abater, cozinhar.

Malu, acredita que uma mobilização social vai sublimar a ação negativa do uso de transgênicos e agrotóxicos em nosso país.



O vereador Gilberto Natalini é incansável na defesa da vida! Como médico, constata o aumento dos casos de câncer de mama e de próstata, em decorrência do uso abusivo dos agrotóxicos no Brasil! A bancada ruralista, que defende as empresas do agronegócio e o uso indiscriminado de venenos, insiste em classificar nosso país como “uma fazenda do mundo”, e que, para produzirmos em grande escala os alimentos chamados de “commodities”, vale tudo! É esta a “filosofia” degenerada: a do “vale tudo”! neste “vale tudo”, vidas humanas são sacrificadas, animais morrem agonizando, populações de abelhas desaparecem deixando um rastro de morte causado pelos venenos que contaminam a Mãe Terra!



Parece um pouco “forte”, né?! Tudo isso, que estamos falando. Mas, a Dra. Thainá Alves Malhão, (INCA), mostra que uma pesquisa aponta 600.000 novos casos de câncer todos os anos no Brasil. No mundo são 20.000.000 de casos no mesmo período. O mais complicado, da doença, é que pode demorar, de 20 a 30 anos, para surgir um tumor visível.



O Defensor Público, Marcelo Carneiro Novaes, revela que em cidades do interior paulista, onde é intenso o uso de agrotóxicos, o aumento dos casos de câncer é alarmante! Novaes, também, acredita que a solução para este grave problema, que ameaça a população de São Paulo e do Brasil, é a mobilização social. A conscientização de que os alimentos podem e devem estar livres de venenos e a cobrança, junto aos governantes, para que esses venenos sejam banidos do país.



O Dr. Tito Olívio Filho sintetiza que a produção agrícola, hoje no Brasil, tem custo humano! Para ele, o Nutricionista tem papel importantíssimo para combater o uso de agrotóxicos; alertar a população sobre este perigo e incentivar o consumo de orgânicos!

Todo o planeta agradece!

Assista ao Evento realizado no Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo no dia 17 de outubro de 2016

Parte 1/4
https://www.youtube.com/watch?v=qhGHhgSgGDc

Parte 2/4
https://www.youtube.com/watch?v=KFZpQrEHNko

Parte 3/4
https://www.youtube.com/watch?v=ZNRkOp_2db4

Parte 4/4
https://www.youtube.com/watch?v=CeYF6QNrni4



       
NUTRI NOTICIAS Nº 84
Edições Anteriores
NUTRI NOTICIAS Nº 83
NUTRI NOTICIAS Nº 82
NUTRI NOTICIAS Nº 81
NUTRI NOTÍCIAS Nº 80
ecoleo CVC
  INSTITUCIONAL JURIDICO CONTRIBUIÇÕES CURSOS BENEFÍCIOS +  
  Quem Somos Atendimento Associativas SindiNutri-SP Convênios LINKS  
  Palavras do Presidente Piso Salarial Sindical Parceiros Hotéis / pousadas CONTATO  
  Diretoria Atual Tabela de Honorários Confederativa Pós-Graduação      
  Colaboradores Convenções/Disssídios Assistencial        
  Estatuto Homologações Dúvidas Frequentes        
  Conheça o SindiNutri-SP            
  Sede São Paulo

Rua 24 de Maio, 104 - 8 andar - Centro - 01041-000
Fones: (11) 3337.5263 / 3338.2539
E-mail: sinesp@sindinutrisp.org.br
Horário de atendimento: 9hs às 17hs00 de 2ª à 6ª
 
2014 - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo
Desenvolvido por IZ3